A história do rodízio.

Dizem que, assim como o churrasco original, o rodízio também nasceu por acaso. Por volta da década de 60, na churrascaria Jacupiranga, localizada na cidade de Registro, interior de São Paulo. No município trabalhava um garçom muito atrapalhado, que sempre errava os pedidos das mesas, causando o maior transtorno no estabelecimento. Em um desses dias de caos, o garçom já estava começando a deixar os clientes furiosos, levando às mesas os pedidos de carnes trocados. Onde pediam maminha, ele levava costela, onde pediam costela, levava picanha, e assim por diante. O Sr. Albino Ongaratto, dono da churrascaria, tentando resolver a situação, pediu para que servissem então todos os pratos em todas as mesas, evitando assim a confusão.

O remendo acabou fazendo sucesso e os clientes aprovaram a criação inusitada do Sr. Albino já que adoravam comer um pedacinho de cada carne. Enxergando aí uma oportunidade de negócios, a Jacupiranga começou a servir aos fregueses pedaços de cada carne e cobrar um preço único pelo almoço. Nascia ali o tradicional e amado rodízio, sistema que faz sucesso não apenas no Brasil, mas no mundo todo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>